XVII Sarau da Poesia Preta de Lá e de Cá

teste2

 

Nesse encontro de poesia francófona, vamos voltar à nossa origem no Movimento Negritude, com Senghor, Cesaire e Damas, e com eles mergulharmos na poesia de ontem e de hoje. A poesia passa a ter uma relação paradoxal com o mundo, pensado em imagens, que pode transbordar no poema em prosa e em verso. Uma poética, mais do que uma forma codificada, é a própria apre­ensão imagética das coisas, a iluminação de um relance em que o poema pensa o mundo e a própria língua, tornada coisa do mundo.

Venham experienciar conosco!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s